Tem um e-book grátis que vai falar tudinho pra você sobre os nossos cães vira-latinhas. Link neste blog.

Escolha seu idioma - Select your language - Elija su lengua

Escolha seu idioma - Select your language - Elija su lengua

domingo, 7 de abril de 2013

Diário do Tobby: acompanhe a evolução, o dia-a-dia e as contas de nosso afilhado

Tobby: antes e depois

07/07/2013 (domingo): Dia do sorteio da rifa do Tobby. O sorteio foi gravado na praça Coronel Assis Duarte, também conhecida como a pracinha do Pão, no bairro Santa Inês, em Belo Horizonte. O local foi escolhido de propósito como locação para o sorteio porque é lá que o Tobby agora passeia com a família que o adotou. O vídeo vai estar disponível para visualização e conhecimento de todos já nesta segunda-feira, 8.O ganhador já foi contactado pelo Bichos de Companhia. Na segunda, 8, também iremos registrar a entrega do prêmio ao vencedor.
Hoje também a Luiza Pappini entregou sua parte nas vendas das rifas e a sua contribuição para ajudar no pagamento dos gastos veterinários (vide recibos e notas postados aqui) com o Tobby desde o dia em que foi resgatado em 06 de abril deste ano.O valor repassado foi R$ 230. 
Com isso, conseguimos arrecadar o total de R$ 723 com a venda das rifas. Sendo que a Luiza Pappini contribuiu com R$ 100, recebimento de R$ 199,50 de doações e o blog Bichos de Companhia (Nádia, Mila, Pepê e Flor) participou com o restante, ou seja, R$ 992,50,

Contabilização Final

Custo clínica Marcelo Lobão:  R$ 2.015,00
  • Doações recebidas até 07/04/13:                                                R$
  1.    Paula Araújo:                                                                               100,00
  2. Luiza Papini:                                                                                  50,00
  3. Kátia Franco:                                                                                  20,00
  4.  Renda revertida com a venda de peças
           exclusivas da linha Bichos de Vestr, by
           Senhorita Camaleão:                                                               29,50
Subtotal de doações:                                                                       199,50

  • Arrecadação (venda de rifa):                                               723,00
  • Contribuição madrinha Luiza Papini:                               100,00
  • Contribuição Bichos de Companhia:                                992,50
Subtotal:                                                                                                 1.815,50
TOTAL:                                                                                                   2.015,00

Outros custos:
  1. Taxi dog (locomoção do local do resgate até a primeira clínica Bichos Gerais, onde o Tobby foi submetido a uma limpeza superficial e insuficiente das lesões com bicheiras: R$ 65,00 (o valor foi pago pela Luiza Papini e a prima Nilza)
  2. Consulta e limpeza superficial e ineficiente das lesões e bicheiras na Bichos Gerais (clínica anterior onde o Tobby foi apenas recepcionado): R$ 97,00 (recurso pago pelo Bichos de Companhia - Nádia)
OBS; O blog Bichos de Companhia ainda providenciou coleira scalibor, plaquinha de identificação, saco de ração de 10kg Pedigree, colchão, biscoitinhos caninos perfazendo um total de: R$ 147,00

* Quando afirmamos que o atendimento ao Tobby foi ineficiente na ONG Bichos Gerais nos referimos ao fato de que o cachorro chegou em estado de larva pura ao local. Os dois plantonistas que lá estavam enrolaram um curativo espesso em cada um dos joelhos do cão, em razão do procedimento de retirada das larvas de tal forma que o animal sequer conseguia se deitar no chão sozinho. Também não estava apto a se alimentar, tomar água e fazer as necessidades sozinho em razão do curativo que limitava flagrantemente seus movimentos e, mesmo assim, foi liberado para voltar para casa. Que casa? Imaginem, um cão com os movimentos totalmente restritos pelo curativo, retirado da rua, vítima de atropelamento e abandono todo lesionado, ser liberado pela Ong para "voltar para casa"!

Por volta de meia-noite daquele dia do resgate, 02 de abri de 2013, tivemos de procurar uma clínica para receber o cão naquele estado. Os plantonistas da Bichos Gerais nos forneceram um relatório de encaminhamento com os procedimentos feitos. 
Foi na clínica veterinária de urgência 24h, do dr. Marcelo Lobão, que encontramos o apoio. Fomos recepcionados também por uma veterinária plantonista, da equipe de Lobão, que foi categórica ao afirmar que teria que sedar o cachorro, retirar o curativo antes feito pela ONG Bichos Gerais e refazer todo o procedimento de retirada das larvas, inclusive da boca do cão que sequer tinha sido feito naquela área pela ONG e, por isso, o cachorro não conseguia comer e mal bebia água. 
---------------------------------------------------

Clique na imagem acima para ampliá-la. 

25/06/13: O Bichos de Companhia apresenta o recibo de pagamento que fecha, no dia 25/06/13, a conta aberta junto à Clínica Veterinária de Urgência, no bairro Floresta, em nome do nosso afilhado Tobby. Como vocês podem acompanhar abaixo, fizemos rifa para angariar recursos para ajudar na quitação da conta e conseguimos arrecadar R$ 593,00. Faltavam R$ 1422,00 e o Bichos de Companhia assumiu a conta.
A todos que abriram o coração e ajudaram pelo simples prazer de ajudar, comprando um bilhete de apenas R$ 5 ou vários, o nosso muito obrigada. 
Em breve, estaremos publicando aqui o vídeo do sorteio e o nome do vencedor do prêmio da rifa. Ficamos felizes porque muita gente comprou a rifa, independente do prêmio, mas pelo Tobby, pela recuperação dele. E isso é o mais importante.
R$ 250: arrecadação da Luiza Papini com a venda de rifas
- direto para amortizar a conta do Tobby na clínica vet


R$ 593 foi o valor arrecadado até o momento com a venda de rifas de um hidratante concentrado do  leite, da L´Occitane, para custear o tratamento e hospedagem do Tobby, durante o período de 02 de abril a 05 de maio em que esteve na clínica veterinária de urgência, do dr. Marcelo Lobão. 

Durante esse tempo, a conta do Tobby na clínica fechou no total de R$ 2.015,00.

Com a amortização faltam ainda R$ 1422,00 para quitação da conta.
Considerando, ainda, que já temos R$ 200 em doações (veja que doou aqui neste post), precisamos de R$ 1222,00 para fechar a conta.

As rifas ainda estão à venda por apenas R$ 5. Quem estiver interessado em ajudar e concorrer ao hidratante da L´occitane deve procurar pela Luiza Papini ou por Nadia. 

Contamos com seu apoio e agradecemos imensamente a você que já contribuiu.
Fique de olho no sorteio, com previsão para 15 de junho.
Mais R$ 343: foi a contribuição de Nadia e Luana com a venda das rifas
Clique sobre a imagem acima para ampliá-la e visualizar melhor o recibo.
Fique de olho: dia 15/06 vamos fazer o sorteio da rifa para pagar o tratamento do Tobby, que agora já tem um lar. Até lá, quem ainda não adquiriu a rifa para ajudar e concorrer a um mega creme da L´Occitane ainda tem tempo ...

Novas do Tobby: 06/05/13:
Um cafuné, uma família, um lar. Tudo que ele nunca teve. No passado recente ainda foi atropelado e largado pra morrer, sendo comido vivo por bicheiras em todo o corpo. Seu presente agora é junto a uma família que abriu seu coração e as portas de casa para receber o nosso Tobby, que chega também levando ainda mais união e solidariedade para a família humana que agora é sua. Tudo que a família Bichos de Companhia deseja é que você Tobby seja feliz e receba os cuidados que todos os cães mereciam ter.
Tobby está temporariamente abrigado na simpática família do Brendon, que já têm uma linda cadelinha. Ele vai fica lá até que a estrutura do canil na casa de sua namorada Carol, não teve jeito, a menina se apaixonou pela lealdade e carinho do nosso Tobby. É um cuidado, pois o cãozinho da casa da Carol é bastante nervosinho e não havia aceitado o Tobby. 

Agora, vamos dar início ao processo de fechamento da conta do Tobby, na clínica do dr. Marcelo Lobão. Enquanto isso, dá-lhe rifa para pagar esta conta. 
Reparem na fofura do Tobby dormindo, recebendo 
cafuné, algo extremamente novo para ele...

E atenção: estamos organizando uma rifa de do hidratante concentrado de leite, da L´Occitane, para custear o tratamento e a manutenção do Tobby na clínica veterinária de urgência, do dr. Marcelo, até a adoção. Contamos com seu apoio.

NOVAS DO TOBBY


28/04/13: Passeio com as duas madrinhas Nadia e Luiza, Michelle e Sandro. Sair do canil e ver gente, tudo que ele gosta. Enquanto aguarda um lar temporário ou definitivo para deixar o canil da clínica. 
No vídeo abaixo, gravado pela Luiza, Tobby, que está se mostrando muito brincalhão e alegre, agora que está livre das dores e se recuperando muito bem da cirurgia, se diverte com a outra madrinha, Nadia, Clique no link abaixo para assistir ao vídeo:



Este sábado, dia 27, amanheceu com a promessa de que o Tobby, finalmente, iria ganhar a chance de ser feliz ao lado de uma família adotiva e sair do canil da clínica, onde passa a semana toda preso enquanto aguarda por adoção.

A Carol, amiga da Luiza, outra madrinha do Tobby, juntamente com o blog Bichos de Companhia, estava doidinha para levá-lo para a sua casa. Antes de nos encontrarmos na clínica, de onde seguiríamos para a casa dela, providenciei colchão, ração, uma latinha de patê, ossinhos, coleira scalibor, plaquinha de identificação e chequei se estava tudo certo com o termo de responsabilidade e dicas ao adotante, na pastinha de documentos do Tobby.

Carol: os dois estavam em perfeita sintonia.
Mas, ela reconheceu, entre lágrimas, que Tobby não
podia ficar já que Fred não o aceitou de jeito nenhum


Trazido pelo Carla, secretária na clínica, Tobby estava ansioso para passear e nitidamente feliz por ter saído do canil onde ficou a semana toda à espera de adoção. Quando o portão da rua se abriu, ele até caiu de cara no chão de tanto puxar a coleira para sair... No carro, Tobby se comportou como um lord. Ele é daqueles cachorros super companheiros que se sentam no carro, no meio, no banco traseiro, fica quietinho só acompanhando o movimento do lado de fora e atento a tudo, quase "conversando" no ouvido do motorista.

Na casa da Carol, conquistou a família toda. Melhor dizendo, quase toda... O Fred, o cachorro da família, não foi com a cara do Tobby, já partiu para briga. A sorte é que os dois estavam seguros por suas respectivas coleiras. Na tentativa de fazer a Carol mais feliz, insistimos, com cuidado, na aproximação. E ela mesma, com os olhos cheios de água, foi obrigada a reconhecer que a permanência do Tobby não era bem-vinda pelo Fred, extremamente nervosinho, ciumento e até um tanto agressivo. 

Final da história: a alegria do Tobby durou pouco e ele voltou ao canil. Na hora de nossa despedia, Tobby sentiu bastante e lançou aquele olhar "não me deixa aqui. Quero ir também".  De coração dilacerado, tive de deixá-lo por não ter a mínima condição de abrigá-lo na minha casa. Mas, tenho fé que outra chance vai aparecer e desta vez nada vai atrapalhar. 
Nestas últimas fotos, feitas neste sábado, 27, é possível ver a evolução do tratamento. As feridas estão bem mais aparentáveis, bastante secas. Ainda é preciso passar uma pomadinha diariamente para ajudar na cicatrização. A perna traseira, após a cirurgia para amputação da cabeça do fêmur dilacerado em decorrência do atropelamento, está ligeiramente encostando no chão. Indicativo que logo ele estará apoiando a pata completamente no chão. 

Ele está mais alegre, esperto, mais bonito, com um pelo maravilhoso.  Enfeitado com gravatinha, bandana, de plaquinha e coleira scalibor estava puro charme. Lindo demais! Ele é extremamente carismático e dócil, conquista logo à primeira vista a quem conhecê-lo, tanto que em segundos a família (humana) toda da Carol estava apaixonada por ele.

Que tal dar ao Tobby uma chance de fazer a sua família feliz? Interessado (a)? Faz contato com o Bichos de Companhia: bichosdecompanhia@gmail.com e conte para gente porque você e sua família são ideais para o Tobby e ele é ideal para vocês.


16/04/13: Após a cirurgia, Tobby passa bem. De acordo os veterinários Marcelo Lobão e Sheila, da Clínica Veterinária de Urgência, o atropelamento dilacerou o fêmur do cachorro e foi preciso amputar a cabeça do osso. Mas, ele está à base de analgésico e não sente dor. Está até comendo normalmente e bastante alegrinho. A recuperação total deverá durar, segundo os vets, seis meses. Até lá, Tobby vai mancar, mas isso não trará nenhum comprometimento a uma futura adoção. Então, Tobby está prontinho para ir para um lar onde poderá aprender a confiar novamente nas pessoas e ser respeitado como merece. Vamos lá, Tobby precisa dessa ajuda, precisa de um cantinho aí na sua casa. 

15/04/2013: Novas do Tobby. Para todos aqueles que estão ajudando de forma direta e indireta no tratamento do Tobby até a adoção, seguem novas fotos do cachorro. Como poderão ver, ele está em franca recuperação. As feridas dos joelhos ainda estão abertas, mas em plena cicatrização. Ele já está com outra carinha, bem mais disposto. Ainda está muito magrinho, mas é só uma questão de tempo, pois tem se alimentado normalmente. O pelo está muito bonito. Só tem um probleminha: ele ainda está mancando muito da pata traseira. Inicialmente, pensava-se que eram as feridas que estavam repuxando. Mas, como elas estão em cicatrização, a orientação do vet foi autorizarmos a realização de um raio X para que se fosse necessária uma intervenção cirúrgica, fosse feita em tempo hábil. Na sexta, 12, ele foi levado para tirar as chapas de raio X e, de acordo com o dr. Marcelo Lobão, ele terá de ser submetido a uma pequena cirurgia, pois o atropelamento lhe causou fratura. 
Todos na torcida pelo Tobby que será submetido à cirurgia nesta segunda-feira, 15, bem cedinho. Toda ajuda é bem-vinda para ajudar no tratamento. Continue a leitura para saber como ajudar ao Tobby. Tobby procura um lar.
  
 
 

Novidades em relação ao estado de saúde do Tobby:
O resultado dos exames de sangue deram negativo para leishmaniose (bom demais!!!). Entretanto, ele está com uma anemia em grau considerável e que precisa ter acompanhamento médico, o que ele já está tendo. A anemia detectada é até plausível dada à situação em que se encontrava, com feridas enormes causadas pelas bicheiras, sendo comido vivo. 
As feridas, conforme atestou o dr. Marcelo Lobão, estão com uma cicatrização muito boa e todos os dias é preciso um ritual de limpeza para acelerar o processo. 
Assim, ele está apto a receber alta médica e ir para um lar temporário ou definitivo, onde possa receber afeto e cuidados necessários. Ou seja, Tobby está à procura de um lar - temporário ou definitivo. 



                                                  Foto de Michelle Oliveira           

Aos amigos e seguidores do blog Bichos de Companhia,

Esta postagem é especialmente dedicada ao Tobby. Um espaço onde publicaremos a evolução do tratamento dele até a adoção, que vai acontecer em breve, se Deus quiser. Uma prestação de contas, inclusive, destinada àqueles que estão ajudando ao Tobby mesmo de longe. 

O Tobby é mais um afilhado do blog Bichos de Companhia. Ele apareceu em nossas vidas a partir de um pedido desesperado de ajuda da amiga Luiza Papini, que adotou há alguns meses o gato mais fofo desse planeta, um afilhado torto do blog, o Lord.

Atropelamento Luiza tomou conhecimento de um cachorro que havia sido atropelado e estava muito machucado. A prima dela, Nilza, que morava na região onde ele estava, vinha tentando ajudar da forma que conseguia. Mas não era suficiente, não era o que ele precisava. Afinal, ele ainda estava na rua, largado lá sem qualquer ajuda pelo atropelador. Luiza, então, mobilizou toda a sua rede de amigos e conseguiu contato com táxi dog para resgatar o cachorro naquela terça-feira, 02 de abril. Já era tarde da noite, Luiza ainda estava no trabalho e, impossibilitada de sair do serviço antes do fim de sua jornada, me contactou para ir receber o cão na Bichos Gerais, onde tinha conseguido vaga para ele ficar, com um custo, a priori, mais em conta.

Pois bem, por volta das 20h, eu e a Michelle Oliveira (Senhorita Camaleão) fomos até a Bichos Gerais onde encontramos e rendemos a Nilza, prima da Luiza, que precisava voltar para casa e tinha acompanhado o cachorro junto com o taxi dog. Ele já estava sendo atendido, o cheiro de podre que tomava conta do ambiente vinha do consultório onde o cachorro estava. Muito sangue, sujeira, tecido necrosado, larvas que comiam aquele corpo frágil, debilitado, ainda vivo. Por trás de tudo isso, aquele olhar triste, cheio de dor e já agradecido porque percebia que algo bom estava acontecendo com ele. Ali, escolhemos o nome Tobby, um nome que julgamos forte, digno de um sobrevivente. 

Limpeza das feridas A Bichos Gerais limpou boa parte das feridas e fez a retirada de muitas larvas, as bicheiras. Mas não limpou tudo. Enrolou os joelhos, a parte mais afetada, com ataduras que dificultavam ainda mais a mobilidade do cachorro. Tanto que ele sequer conseguia se deitar sozinho. Tentava, colocando a carinha no chão e esticando as patas da frente. Mas não conseguia se deitar. Nilza, Michelle e eu, então, entendemos o seu olhar e o ajudamos a se deitar. Ele agradeceu de novo com os olhos e deu a cochilada seguramente mais tranquila desde que foi atropelado. Ele havia tomado analgésico para acalmar a dor. Antes de se deitar, porém, ele fez um xixi enorme, amarelo ouro, indicando que há muito tempo aquele líquido estava ali em sua bexiga. Bebeu muita água. Não comeu nada. Não quis. Até tentou, mas não quis. Só mais tarde, já em outra clínica vet soubemos o motivo dele não ter comido nada, estava com bicheira na boca também - e a Bichos Gerais parece não ter visto.

Transferência para outra clínica vet Por falta de vaga, a Bichos Gerais liberou o cachorro para voltar para casa. Mas, que casa? Como que um cachorro que não conseguia se deitar sozinho estava sendo liberado para voltar para casa e nem casa ele tinha? O problema maior acabava de começar. 

Mais limpeza das feridas e sedação Lembrei-me que podia contar com o dr. Marcelo Lobão. Liguei, confirmei. Um amigo da Luiza, o Ércio, não se importou com o adiantado da hora e, prontamente ofereceu seu carro, com carroceria, para transportar o Tobby até à clínica do Marcelo Lobão. Levamos um encaminhamento da Bichos Gerais e a plantonista da clinica do Marcelo Lobão foi taxativa ao ver o cachorro: "terei que sedá-lo e retirar mais larvas, inclusive da boca do cão". Não poderia deixá-lo dormir com tantas larvas e pontos que poderiam piorar no dia seguinte. Então deixamos o Tobby aos cuidados dela e do dr. Marcelo Lobão, que o veria no dia seguinte.

Vacinação e vermifugação E lá o Tobby permanecerá até se recuperar totalmente e poder ser encaminhado a um bom adotante que há de aparecer, pois é um cachorro muito lindo, que só precisa se recuperar. 
Durante a semana, Tobby também recebeu as primeiras doses de vacinas, vermífugo e já no dia seguinte à sua chegada na clínica, comeu um pouco, principalmente patê. (safadinho esse cara... também pudera, né pessoal, afinal, ele está com a boca machucada também). 
                           Foto de Luiza Papini

Em busca de um lar definitivo Na foto acima, tirada no dia 06 de abril, pela Luiza, durante sua visita, é possível ver que ele já está com uma carinha bem melhor. As feridas ainda são bem visíveis, mas estão em processo de cicatrização. Um processo, segundo o vet Marcelo Lobão, mais lento, que deve durar cerca de 60 dias para se fechar totalmente. Mas nada que o impeça de de continuar a recuperação num lar temporário ou mesmo definitivo. 
Isso é tudo o que temos até hoje, dia 07 de abril, sobre a evolução do tratamento do Tobby e, a partir de agora, vamos postar aqui tudo o que acontecer com ele como prestação de contas a todas as pessoas que estão consternadas com a situação e manifestaram interesse em ajudar.  
                                               Fotos Bichos de Companhia
                                     Arte: com Instarframe

Como ajudar?
O primeiro passo é fazer contato com o blog Bichos de Companhia por e-mail (bichosdecompanhia@gmail.com) manifestando o interesse para receber as diretrizes.
Se preferir, pode também visitar o Tobby na clínica veterinária de Urgência, no bairro Floresta. Só é preciso ligar para saber direitinho os horários de visita e deixar lá, com a recepcionista da clínica, uma contribuição em qualquer valor para ajudar a cobrir os custos com o tratamento do Tobby. IMPORTANTE Certifique-se de que a recepcionista efetuou o registro da contribuição e anotou seus dados (nome, telefone e e-mail) para receber do blog a planilha de prestação de contas - que também será publicada aqui. 

O telefone da clínica veterinária de urgência é: (31) 3222-7755.


PRESTAÇÃO DE CONTAS *

* Ainda não temos valores do tratamento na clínica veterinária de urgência, onde ele ainda permanece internado. Os custos estão correndo e se referem à hospedagem, medicação, limpeza diária das feridas, vacinas, banhos e todos os procedimentos clínicos que se fizerem necessários e serão postados discriminadamente aqui.  

Taxi dog:  R$ 65,00 (já pago pela Nilza/Luiza)
Consulta e limpeza superficial na Bichos Gerais: R$ 97,00 (também já quitado: Nadia)


Doações recebidas (até 07/04/13)

Renda revertida ao blog Linha Bichos de Vestir,
 by Senhorita Camaleão        R$ 29,50       
Luiza Papini:                              R$   50,00
Paula Araújo:                            R$ 100.00
Kátia Franco (Juiz de Fora):  R$   20,00
Total parcial (até o momento) R$ 199,50


Toda ajuda é muito bem-vinda neste caso até a adoção definitiva do Tobby. Agradecemos o seu apoio, carinho e interesse!

BICHOS DE COMPANHIA

Um comentário:

  1. Lindo o site ^^
    E o tobby é lindo demais ^^ amei :)

    ResponderExcluir

O Bichos de Companhia agradece o seu contato. Em breve, enviaremos sua resposta.